31.05.07
Eu realmente queria imenso ser como ela, até porque reparaste na Jane Fonda a assistir? Depois queria vestir aquela blusa e saia branca e cantar daquela maneira, como se aquela gola não existisse e sem parecer estar metida num saco de batatas. Não te falo nos saltos que se foram tornando peanuts ao longo da vidinha. E sei muito bem quem seria o meu par, assim todo vestidinho de branco e não é bem esse que estás a pensar e sim o professor de ginástica da quarta classe (Sandokan, Sandokan), que por acaso tinha uma barba giríssima(olha o auster não).
Vejo, portanto, que continuaremos a amar-nos ao longo da segunda adolescência. E agora muito mais e melhor do que na primeira. Beijo.


por Mónica Marques às 07:47

Para Interromper o Amor
Transa Atlântica

Nas livrarias
O Inferno são os outros
Correio
folhassoltas@gmail.com
Chelsea Hotel
Freud explica
Technorati Profile
subscrever feeds