3.08.07
Uma mulher do mundo, uma mulher do mundo, uma mulher do mundo, uma mulher do mundo, uma mulher do mundo... Gostará, tanto assim, de morcela?
Com um abraço para o Pedro.






por Mónica Marques às 15:23

Para Interromper o Amor
Transa Atlântica

Nas livrarias
O Inferno são os outros
Correio
folhassoltas@gmail.com
Chelsea Hotel
Freud explica
Technorati Profile
subscrever feeds