5.10.09

Fui ver Abrazos Rotos.  Antes disso arrumei toda a dispensa. Varri e lavei o chão. Senti-me mal porque havia muita gente no cinema e achei que ia estar sozinha. Cada vez gosto mais de estar sozinha e fingir. 

Passei por quatro carros empandeirados só porque choveu este bocadinho. Os portugueses empandeiram-se logo por nada. Isto sou eu a pensar ao volante do meu carro. Agora imaginem a cara.Estudos para o livro que make me work so hard. Lisboa, Lisboa, Lisboa que é a minha cidade e é como reencontrar um amor, se bem que eu não faça ideia do que é reencontrar um amor. Uma coisa que deve fazer mal. Um espiritismo qualquer.



por Mónica Marques às 23:11

Para Interromper o Amor
Transa Atlântica

Nas livrarias
O Inferno são os outros
Correio
folhassoltas@gmail.com
Chelsea Hotel
Freud explica
Technorati Profile
subscrever feeds