17.01.10

 

 

Dormi de costas para as ancas da Pfeiffer. Toda a noite a pensar em ti."

 

Foi num sonho, hoje, que me disseram isto. E isto é uma pérola. Vinha tudo escrito num bilhetinho e acordei tão bem, tão bem.

Também não é para menos, quem caga para as ancas da Pfeiffer merece todo o amor. Só ainda não encontrei o papel.



por Mónica Marques às 11:57

Para Interromper o Amor
Transa Atlântica

Nas livrarias
O Inferno são os outros
Correio
folhassoltas@gmail.com
Chelsea Hotel
Freud explica
Technorati Profile
subscrever feeds