24.06.10

 

Diz-se no programa: «É difícil prever o que farão os quatro, tão díspares. Saber o que cada um entende por ilustração faz parte do jogo: quantos verão no espelho da escrita um negativo da imagem, que negativo, quantas sublevações literárias estão e curso quanta prole quantas rasteiras, quantas explosões? Dificilmente será uma caravana. E apostamos, sem estorvo, em quatro aparições. Ainda assim, não vamos tão longe que antecipemos o número de cotovias que podem abrir o Atlântico ao antídoto de uma diáspora blasée, ou quantras transas conduzem as carnes divinas ao pecado.» (Texto roubado ao blog da Quetzal)

 

Afonso Cruz, Fernando Ribeiro, Jacinto Lucas Pires e eu. É hoje, apareçam.



por Mónica Marques às 09:09

Para Interromper o Amor
Transa Atlântica

Nas livrarias
O Inferno são os outros
Correio
folhassoltas@gmail.com
Chelsea Hotel
Freud explica
Technorati Profile
subscrever feeds