11.04.11

 

 É sempre assim que recebo os meus livros - por mail. Que sei que eles chegaram, que lhes vejo a cara e que ao contrário dos meus filhos, da primeira vez que os vi, os acho sempre lindos. Sou muito apaixonada por este livro. Tanto como o detestei, muitas e muitas vezes, de noite e de dia, logo a seguir a tê-lo entregue ao meu editor. Depois, depois de impresso só o consegui voltar a ler (aos bocados) há pouco tempo. Coisas que me custavam imenso deixaram de custar, passagens que achava excessivas, deixaram de ser tão julgadas por mim. O "Transa" foi um momento muito bom com a "bagunça" que é a minha cabeça e o meu coração. E acima de tudo: Tirou-me da merda.

 



por Mónica Marques às 13:23

Para Interromper o Amor
Transa Atlântica

Nas livrarias
O Inferno são os outros
Correio
folhassoltas@gmail.com
Chelsea Hotel
Freud explica
Technorati Profile
subscrever feeds