6.03.07


os adjetivos, essas inutilidades!

por Mónica Marques às 15:27

2 comentários:
De Anónimo a 8.03.07 às 08:00
Que saudades (de quem nem conheci)!


De Anónimo a 11.03.07 às 15:18
querida Sushi,
gostava da Elis Regina como cantora mas vejo, pelo u-tube que você nos apresenta, que ela transmitia também suas idéas de forma clara, inteligente, sem excessos de devaneios. Eu, que sou brasileiro, considero a Elis (assim como a C. Miranda), uma dessas pontes entre Portugal e o Brasil (aquele belo rosto de Elis Regina, creio eu, era 100 por cento açoriano). Um abraço.


Comentar post

Para Interromper o Amor
Transa Atlântica

Nas livrarias
O Inferno são os outros
Correio
folhassoltas@gmail.com
Chelsea Hotel
Freud explica
Technorati Profile
subscrever feeds